Ideal firma acordo para Centro de Eólica

A cidade de Rio Grande (RS) dá um passo importante para a produção de energia a partir do vento. Na sexta-feira (14 de março), foi assinado um protocolo para a criação do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Energia Eólica do Sul (CPDEO-Sul) pela prefeitura do município, o Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina (Ideal), a Eletrosul, o Sindicato da Indústria de Energia Eólica do Rio Grande do Sul (Sindieólica- RS) e as universidades federais de Rio Grande (Furg), Pelotas (UFPel) e Santa Maria (UFSM).

Com o acordo, instituições públicas e privadas, juntamente com o poder público, pretendem alcançar conhecimento e formar mão de obra qualificada na área de energia eólica. O Rio Grande do Sul vem se destacando no setor, com a aposta em Parques Eólicos como de Geribatu, em Santa Vitória do Palmar.

Para o presidente do Ideal, Mauro Passos, a assinatura do protocolo vai reforçar o papel do Estado não só como usuário do vento, mas como conhecedor de suas potencialidades energéticas.

O Ideal foi fundamental para a criação do Centro, contribuindo com a ideia inicial e despertando o interesse entre os diversos setores para a questão.

“Foram quase dois anos de tratativas com o poder público, com o mundo acadêmico e investidores em energia eólica. Conseguimos unir e comprometer os diferentes setores ao se criar o CPDEO-Sul. Abrem-se as possibilidades de desenvolvermos tecnologias próprias”, afirma Passos.

O protocolo foi assinado durante a Feira do Polo Naval em Rio Grande, pelo prefeito da cidade, Alexandre Lindenmeyer, o presidente das Fundações de Apoio da UFPel, Cristiano Pinheiro, o professor da UFSM Humberto Pinheiro, o diretor financeiro da Eletrosul, Antônio Vitori, e o diretor da Sindieólica/RS, Guilherme Sari.

(Crédito da foto: Marcos Jatahy)

:::::: Confira reportagem da Webrádio Água sobre o CPDEO-Sul.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *