IDEAL lança novo site do programa América do Sol

O Instituto IDEAL lançou hoje (27/4) o novo site do América do Sol, o maior programa de disseminação do conhecimento em energia solar fotovoltaica do país, criado em 2010, com o propósito de transformar a América Latina no continente da energia solar. As reformulações de design e da hierarquia da informação tiveram em conta aspectos de usabilidade e legibilidade, tudo para tornar a navegação mais eficiente e cômoda. Além disso, o programa ganhou uma nova identidade visual, mais alinhada com o Instituto e com os objetivos e abrangência do América do Sol.

Desde sua criação, o programa é executado com o apoio da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável, por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH e do KfW banco de fomento alemão, e do Grupo Fotovoltaica UFSC. A reformulação do website também teve o apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Organização Latino-Americana de Energia (OLADE).

O novo site foi desenvolvido em plataforma inteligente e adaptável ao monitor e ao idioma de navegação do usuário. Ferramentas como o Mapa de Empresas do Setor FV e o Simulador Solar  também foram reformulados para trazer mais clareza à forma como as informações são apresentadas ao leitor. Além da atualização de todo o conteúdo, a principal inovação foi a divisão do conteúdo em duas grandes áreas: uma destinada aos usuários que buscam conhecimento sobre energia fotovoltaica e outra para aqueles que procuram informações sobre os projetos e ferramentas do programa.

O projeto de reformulação completa do site do América do Sol foi realizado por equipe multidisciplinar, ao longo de seis meses, coordenado pela gerente de projetos do IDEAL, Paula Scheidt, com apoio do cooperante Peter Krenz e da assessora de comunicação, Andressa Braun. A nova identidade visual do programa foi realizada pela designer Andrezza Nascimento e a programação e indexação de conteúdos pela InCuca Tecnologia.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *