Posts

Três capitais alcançam meta do 50 Telhados

Campo Grande (MS), Curitiba (PR) e Rio de Janeiro (RJ) alcançaram o objetivo do projeto 50 Telhados com 119,84 kWp, 114,04 kWp e 100,03 kWp, respectivamente, de potência total instalada. Coordenado pelo Instituto Ideal e executado localmente por instaladores fotovoltaicos; as empresas parceiras nas capitais são a Solar Energy do Brasil, que atua nas três cidades, a Solarize no Rio de Janeiro, e a Elco e 3B Energy em Curitiba. Ao todo, seis cidades no país já superaram a meta do projeto que encerra em dezembro.

O 50 Telhados foi lançado com o propósito de divulgar a geração distribuída a partir da energia fotovoltaica. Em cada uma das 32 cidades participantes, as empresas instaladoras tem até o final deste ano, para instalar 50 telhados FV de 2 kWp ou 100 kWp de potência total instalada. Com isso, a geração anual estimada ficaria em torno de 130 MWh em cada cidade. O objetivo inicial do Instituto Ideal era implementar o projeto em pelo menos 20 cidades brasileiras durante o ano de 2014, mas esta meta já foi ultrapassada em julho do ano passado. Acesse o mapa aqui e acompanhe o andamento do projeto.

Ideal concede dois novos Selos Solares

A empresa instaladora de sistemas fotovoltaicos Renew Energias Renováveis, de Jundiaí-SP, e a residência de Tatiana Correa Góes Mendonça, em Florianópolis-SC, receberam esta semana o Selo Solar. Ambos atenderam aos critérios estabelecidos pelo Ideal e Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) nas diretrizes da respectiva certificação.

O sistema FV da Renew tem 2,88 kWp de potência, suficiente para alimentar 100% da demanda energética do imóvel. Já o da residência é de 3,5 kWp e cobre cerca de 55% de consumo elétrico total.

O Selo Solar tem o apoio da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável, por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH e do KfW Banco de Fomento Alemão.

Seminário tem visita técnica à usina FV

Além de reunir os mais importantes especialistas do setor energético do Brasil e da América Latina no dia 2 de junho, na FIESC, em Florianópolis, a programação do 6º Seminário Energia + Limpa inclui também visita técnica à usina fotovoltaica 3MWp da Tractebel, em Tubarão. Todo o evento é gratuito, assim como o transporte, desde Florianópolis, aos interessados em participar da visita no dia 3 de junho. As inscrições já estão encerradas, contudo, aqueles que ainda tiverem interesse em participar da atividade, devem entrar em contato com a organização do Seminário, no dia 2 de junho. Representantes do Observatório do Clima, WWF Brasil, MDIC, BNDES, COPPE/UFRJ, Unicamp, SENAI/SC, SCGás, FIESC, IFSC e OLADE já confirmaram participação nos painéis.

Para Mauro Passos, presidente do Instituto Ideal, o Seminário consolidou-se como referência na promoção de palestras, debates e visitas técnicas relacionados às áreas energética e sustentável. “Trabalhamos durante todo o ano para organizar mais que um Seminário, um espaço de troca e difusão de idéias mais sustentáveis sobre geração, fontes e consumo de energia. A participação de convidados como Luiz Pinguelli Rosa [diretor da COPPE/UFRJ – Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia] denota nosso comprometimento em trazer os melhores para o evento.”

Além da FIESC, o 6º Seminário Energia+Limpa tem o apoio institucional da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica), Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel) e Conselho Brasileiro de Construção Sustentável (CBCS). Os patrocinadores confirmados são: Araxá Solar, BRDE, Celesc, Solar Energy do Brasil e Tractebel. Envie um email para [email protected] e faça sua pré-inscriçãotambém para os painéis e palestras de 2 de junho. O credenciamento no dia ocorrerá a partir das 8h30 e a programação completa você confere aqui.

Minas Gerais também participa do 50 Telhados

Governador Valadares e Teófilo Otoni, em Minas Gerais, são as novas cidades a entrarem para o projeto 50 Telhados, coordenado pelo Instituto Ideal e executado localmente por instaladores fotovoltaicos (FV). O objetivo é ter 50 microgeradores FV ou 100 kWp de potência total instalada até 31 de dezembro em cada uma das cidades participantes. O parceiro local nas duas integrantes mineiras é a Seltec Soluções Elétricas e Tecnológicas. O prazo para o ingresso de novas cidades e instaladores ao projeto encerrou em março deste ano.
Outra novidade do 50 Telhados, incorporada a partir da revisão das diretrizes do projeto realizada em dezembro, é em relação ao cálculo da meta, que agora considera regiões metropolitanas e não mais capitais isoladas, caso de Salvador, que contabiliza agora também a potência instalada nos municípios de Lauro de Freitas, Mata de São João e Camaçari.
O objetivo do Instituto Ideal quando o projeto foi lançado em dezembro de 2013, era implementar o 50 Telhados em pelo menos 20 cidades, mas no final de 2014 o projeto já somava 32 cidades.

Energia solar no blog do Planeta, da Época

O primeiro leilão de energia solar do Brasil, em Pernambuco, foi tema de reportagem do blog do Planeta, da revista Época. Na matéria, o jornalista Bruno Calixto apontou os investimentos do Estado que quer se tornar o polo de energia solar no Brasil.

O presidente do Ideal, Mauro Passos, colaborou com a reportagem, e comentou sobre a iniciativa de Pernambuco.

:::::: Confira a matéria na íntegra, no blog do Planeta.