Posts

IMG-20170215-WA0023

IDEAL celebra 10 anos

No último domingo, 12 de fevereiro, o Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina (IDEAL) completou 10 anos de trabalho voltados para a busca de conhecimento, legislação e investimentos na produção de uma energia mais limpa. O presidente e fundador do IDEAL, Mauro Passos, lembra que a ideia de criar um instituto privado, sem fins lucrativos e que promovesse as energias renováveis na América Latina, parecia apenas um sonho, porém, compartilhado por 53 pessoas – os fundadores associados – se tornou realidade, uma realidade de 10 anos de luta.

Muitas das mesmas pessoas que acreditaram neste sonho estiveram ontem, dia 14/02, na Reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), – mesmo local em que foi fundado o IDEAL -, para celebrar os 10 anos desta caminhada com diretores, parceiros, colaboradores e imprensa . “Passada uma década de atividades, nos sentimos ainda mais motivados e capazes de levar aos nossos vizinhos (*países latino-americanos), as experiências exitosas que nos trouxeram até aqui”, destacou Passos. E como trabalhar na disseminação de conhecimentos está no DNA do Instituto IDEAL, o momento de celebração também foi o de lançar a 8ª edição do Seminário Energia + Limpa.

O diretor do IDEAL e coordenador do Grupo Fotovoltaica-UFSC, Ricardo Rüther, destacou a temática da mobilidade elétrica urbana como eixo principal dos debates desta edição, que ocorrerá nos dias 7, 8 e 9 de junho. Rüther, que é o responsável pelo desenvolvimento do primeiro ônibus elétrico movido à energia solar fotovoltaica do país, também informou que o ônibus fará o deslocamento dos participantes ao local da visita técnica, no último dia do Seminário. O reitor da UFSC, Luiz Carlos Cancellier, também compareceu ao evento, dando as boas vindas aos presentes e destacando os novos projetos comuns que a Universidade deseja levar a cabo no âmbito da parceria com o Instituto IDEAL.


Frentes

Hoje as principais frentes de atuação do Instituto são o América do Sol  (o maior programa para disseminação da energia solar fotovoltaica no Brasil que abarca uma série de ações inovadoras como o Selo Solar), o Seminário Energia + Limpa – em 2017, em sua 8ª edição, o evento é uma referência no tema renováveis para todo o país, e o Estudo “O Mercado Brasileiro de Geração Distribuída Fotovoltaica” – em sua 4ª edição, é pioneiro e uma iniciativa em parceria com a Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha do Rio de Janeiro (AHK-RJ).


Apoiadores

Desde sua criação, o IDEAL é capaz de realizar seu trabalho focado na disseminação do conhecimento, graças à equipe qualificada que possui, e aos parceiros e apoiadores. Sem eles, nada seria possível tampouco. Neste âmbito, destacamos o apoio da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável por meio da GIZ, da Universidade Federal de Santa Catarina, do Grupo Fotovoltaica UFSC, do WWF-Brasil, Eletrobrás Eletrosul, Celesc, Caixa, da Organização Latino-Americana de Energia (OLADE), do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), do BRDE, da Engie Solar, WEG e da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC), entre outros tantos que tardaríamos em relacionar.

onibus_lancamento

Grupo Fotovoltaica/UFSC lança primeiro ônibus elétrico do Brasil

O Centro de Pesquisa e Capacitação em Energia Solar Fotovoltaica da Universidade Federal de Santa Catarina (Grupo Fotovoltaica/UFSC), com o financiamento do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e apoio das empresas Marcopolo, Eletra, Mercedes-Benz e Weg, lançaram dia 19 de dezembro, em cerimônia no Sapiens Parque, em Florianópolis, o primeiro ônibus elétrico do Brasil.

O coordenador do projeto e diretor do IDEAL, professor Ricardo Rüther, destacou a ideia de deslocamento produtivo aplicada no desenvolvimento do veículo. “É um conceito inovador que vai melhorar a qualidade de vida das pessoas, pois o tempo que estavam ‘desperdiçando’ no deslocamento, agora podem usar para trabalhar.” O ônibus que não consome combustível, é silencioso, não emite poluentes e ainda é equipado com tomadas, rede Wifi e duas mesas de reunião. Em funcionamento efetivamente a partir de março, o ônibus realizará quatro viagens diárias, gratuitas, de segunda a sexta-feira, entre o Centro de Eventos da UFSC e o Sapiens Parque, na Cachoeira do Bom Jesus, norte da ilha de Florianópolis, onde está localizado o Laboratório.

No ato de lançamento, Rüther explicou que toda a energia para abastecer o ônibus vem da geração solar do Grupo Fotovoltaica. Destacou também a importância das parcerias, lembrando que o Instituto IDEAL é fundamental na divulgação e disseminação dos conhecimentos em energias alternativas, sobretudo em fotovoltaica. O coordenador-geral da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do MCTIC, Jorge Maio Campagnolo, afirmou que o Ministério está sempre disponível para apoio a bons projetos, como o ônibus elétrico. A diretora financeira executiva da Itaipu Binacional, Margaret Groff, também presente ao lançamento, lembrou da atenção da empresa à logística da mobilidade e reiterou: “somos uma empresa de parceiros”. Na oportunidade, Margaret e o reitor da UFSC, Luiz Carlos Cancellier, também assinaram o termo de cessão de uso à Universidade, por cinco anos, de um veículo elétrico mob-i.

OnibusEletrico

Grupo Fotovoltaica UFSC apresenta ônibus 100% elétrico

Um ônibus 100% elétrico que fará o transporte de alunos, professores e funcionários da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em Florianópolis/SC, a partir de dezembro deste ano, foi apresentado na última semana (1/9) durante o 12º Salão Latino Americano de Veículos Elétricos, realizado em São Paulo-SP.  Ser emissão zero de poluentes é apenas uma das vantagens, pois o veículo também será recarregado em estação com energia solar. O sistema de tração, que permite o funcionamento, foi desenvolvido pela WEG e representa o primeiro fornecimento para um ônibus elétrico de recarga em rede com microgeração distribuída com painéis fotovoltaicos. Para a integração dos sistemas, a aplicação ocorreu em conjunto com a Marcopolo, fabricante do ônibus, a Eletra, responsável por instalar e integrar o sistema de tração elétrico e as baterias de lítio.

A energia necessária para que o veículo circule será gerada no Centro de Pesquisa e Capacitação em Energia Solar Fotovoltaica (Fotovoltaica/UFSC), localizado no Sapiens Parque, na Cachoeira do Bom Jesus, em Florianópolis. As recargas serão feitas por meio da rede presente no Campus e no parque, percurso que o veículo fará quatro vezes ao dia, totalizando 50 quilômetros entre ida e volta. Com as recargas de conveniência ao final de cada viagem no Sapiens Parque, a autonomia é dimensionada para atender a operação durante todo o dia com emissão zero de poluentes.

Fonte para pesquisas acadêmicas
O consumo e a geração da energia serão monitorados durante a operação do ônibus, servindo como base para pesquisas acadêmicas, explica o diretor do Instituto IDEAL e coordenador do Fotovoltaica/UFSC, professor Ricardo Rüther. “Levantaremos dados sobre o desempenho do motor, consumo de energia, frequência do deslocamento e outros”, comenta. O novo meio de transporte terá função interdisciplinar pois será objeto de estudo para alunos de cursos como Engenharia Elétrica, Civil, Arquitetura, Sistemas de Automação e Ciências da Computação.

Por possuir tecnologia Wi-Fi e um espaço para reuniões, ele permitirá o deslocamento produtivo, reforça o professor: “Poderemos embarcar e já começar a trabalhar, sem perder tempo no trânsito”. Além disso, em casos de congestionamento, enquanto ficar parado, o veículo não consumirá energia. “É confortável, não faz barulho e não emite fumaça”, completa Rüther. Hoje, quem precisa se deslocar até o parque utiliza veículos próprios, depende de caronas ou do transporte público, que leva cerca de uma hora e meia para chegar ao local. A estimativa é de que o trajeto seja feito em 30 minutos pelo modelo elétrico.

O objetivo da UFSC com este projeto, de acordo com Rüther, é se tornar referência e replicar a iniciativa em outros centros urbanos, para mostrar a importância do uso de fontes de geração e de consumo de energia limpa. A aquisição do ônibus é financiada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), por meio de uma licitação.

Com informações do Media Center da WEG: http://www.weg.net/br/Media-Center/Noticias/Produtos-e-Solucoes/UFSC-produzira-energia-solar-para-mover-onibus-eletrico