Posts

IDEAL celebra 10 anos

No último domingo, 12 de fevereiro, o Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina (IDEAL) completou 10 anos de trabalho voltados para a busca de conhecimento, legislação e investimentos na produção de uma energia mais limpa. O presidente e fundador do IDEAL, Mauro Passos, lembra que a ideia de criar um instituto privado, sem fins lucrativos e que promovesse as energias renováveis na América Latina, parecia apenas um sonho, porém, compartilhado por 53 pessoas – os fundadores associados – se tornou realidade, uma realidade de 10 anos de luta.

Muitas das mesmas pessoas que acreditaram neste sonho estiveram ontem, dia 14/02, na Reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), – mesmo local em que foi fundado o IDEAL -, para celebrar os 10 anos desta caminhada com diretores, parceiros, colaboradores e imprensa . “Passada uma década de atividades, nos sentimos ainda mais motivados e capazes de levar aos nossos vizinhos (*países latino-americanos), as experiências exitosas que nos trouxeram até aqui”, destacou Passos. E como trabalhar na disseminação de conhecimentos está no DNA do Instituto IDEAL, o momento de celebração também foi o de lançar a 8ª edição do Seminário Energia + Limpa.

O diretor do IDEAL e coordenador do Grupo Fotovoltaica-UFSC, Ricardo Rüther, destacou a temática da mobilidade elétrica urbana como eixo principal dos debates desta edição, que ocorrerá nos dias 7, 8 e 9 de junho. Rüther, que é o responsável pelo desenvolvimento do primeiro ônibus elétrico movido à energia solar fotovoltaica do país, também informou que o ônibus fará o deslocamento dos participantes ao local da visita técnica, no último dia do Seminário. O reitor da UFSC, Luiz Carlos Cancellier, também compareceu ao evento, dando as boas vindas aos presentes e destacando os novos projetos comuns que a Universidade deseja levar a cabo no âmbito da parceria com o Instituto IDEAL.


Frentes

Hoje as principais frentes de atuação do Instituto são o América do Sol  (o maior programa para disseminação da energia solar fotovoltaica no Brasil que abarca uma série de ações inovadoras como o Selo Solar), o Seminário Energia + Limpa – em 2017, em sua 8ª edição, o evento é uma referência no tema renováveis para todo o país, e o Estudo “O Mercado Brasileiro de Geração Distribuída Fotovoltaica” – em sua 4ª edição, é pioneiro e uma iniciativa em parceria com a Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha do Rio de Janeiro (AHK-RJ).


Apoiadores

Desde sua criação, o IDEAL é capaz de realizar seu trabalho focado na disseminação do conhecimento, graças à equipe qualificada que possui, e aos parceiros e apoiadores. Sem eles, nada seria possível tampouco. Neste âmbito, destacamos o apoio da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável por meio da GIZ, da Universidade Federal de Santa Catarina, do Grupo Fotovoltaica UFSC, do WWF-Brasil, Eletrobrás Eletrosul, Celesc, Caixa, da Organização Latino-Americana de Energia (OLADE), do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), do BRDE, da Engie Solar, WEG e da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC), entre outros tantos que tardaríamos em relacionar.

Grupo Fotovoltaica/UFSC lança primeiro ônibus elétrico do Brasil

O Centro de Pesquisa e Capacitação em Energia Solar Fotovoltaica da Universidade Federal de Santa Catarina (Grupo Fotovoltaica/UFSC), com o financiamento do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e apoio das empresas Marcopolo, Eletra, Mercedes-Benz e Weg, lançaram dia 19 de dezembro, em cerimônia no Sapiens Parque, em Florianópolis, o primeiro ônibus elétrico do Brasil.

O coordenador do projeto e diretor do IDEAL, professor Ricardo Rüther, destacou a ideia de deslocamento produtivo aplicada no desenvolvimento do veículo. “É um conceito inovador que vai melhorar a qualidade de vida das pessoas, pois o tempo que estavam ‘desperdiçando’ no deslocamento, agora podem usar para trabalhar.” O ônibus que não consome combustível, é silencioso, não emite poluentes e ainda é equipado com tomadas, rede Wifi e duas mesas de reunião. Em funcionamento efetivamente a partir de março, o ônibus realizará quatro viagens diárias, gratuitas, de segunda a sexta-feira, entre o Centro de Eventos da UFSC e o Sapiens Parque, na Cachoeira do Bom Jesus, norte da ilha de Florianópolis, onde está localizado o Laboratório.

No ato de lançamento, Rüther explicou que toda a energia para abastecer o ônibus vem da geração solar do Grupo Fotovoltaica. Destacou também a importância das parcerias, lembrando que o Instituto IDEAL é fundamental na divulgação e disseminação dos conhecimentos em energias alternativas, sobretudo em fotovoltaica. O coordenador-geral da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do MCTIC, Jorge Maio Campagnolo, afirmou que o Ministério está sempre disponível para apoio a bons projetos, como o ônibus elétrico. A diretora financeira executiva da Itaipu Binacional, Margaret Groff, também presente ao lançamento, lembrou da atenção da empresa à logística da mobilidade e reiterou: “somos uma empresa de parceiros”. Na oportunidade, Margaret e o reitor da UFSC, Luiz Carlos Cancellier, também assinaram o termo de cessão de uso à Universidade, por cinco anos, de um veículo elétrico mob-i.

IDEAL e AHK-RJ lançam versão em inglês do Estudo “O Mercado Brasileiro de Geração Distribuída Fotovoltaica – 2016″

A terceira edição do estudo “O Mercado Brasileiro de Geração Distribuída Fotovoltaica –2016 (in English)”, uma iniciativa do Instituto IDEAL e Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha do Rio de Janeiro (AHK-RJ), foi lançado ontem (23/11) durante o evento “Ação Ambiental: Tecnologias Eficientes e Energias Renováveis na Indústria”, na sede da Firjan. Peter Krenz, gerente de projetos do IDEAL/GIZ, apresentou os principais resultados e análises da pesquisa enviada a mais de 1.000 empresas do setor fotovoltaico brasileiro, reunidas no banco de fornecedores, instaladores e projetistas do programa América do Sol. Mais de 200 pessoas, entre empresários alemães, italianos e interessados em geral, assistiram à apresentação que ocorreu às 16h30.

O estudo, pioneiro no país, apresenta o desenvolvimento do mercado e identifica os desafios no processo de conexão à rede de micro e minigeradores fotovoltaicos, no âmbito da RN 482/2012 da ANEEL. Fruto de representações gráficas e análises realizadas a partir de questionário respondido por mais de 300 empresas brasileiras do setor FV, o Estudo em inglês estará disponível para leitura a partir de 1° de dezembro em www.institutoideal.org/biblioteca, onde já se encontra a versão em português.

Os patrocinadores que viabilizaram a realização da edição deste ano são: Engie Solar, Intersolar South America, Renovigi, SICES Brasil, DYA Energia Solar, PHB, EBES, Solar-e e WEG. Se você deseja ser um patrocinador da edição 2017, clique aqui e saiba como.

“O Mercado Brasileiro de GDFV – 2016”: lançamento presencial e on line seguem linha inovadora da edição

A terceira edição do Estudo “O Mercado Brasileiro de Geração Distribuída Fotovoltaica – 2016”, uma iniciativa do Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina (IDEAL) e da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha do Rio de Janeiro (AHK-RJ) foi lançado no último dia 25/10, no Centro de Pesquisa e Capacitação em Energia Solar da UFSC, cerimônia que foi simultaneamente transmitida on line em nosso canal do Youtube,  onde você a encontra na íntegra. O estudo completo para leitura também está disponível em www.institutoideal.org/biblioteca.

O coordenador do Grupo Fotovoltaica UFSC, professor Ricardo Rüther, anfitrião do evento, comentou a evolução do estudo e deu as boas-vindas aos presentes. Mauro Passos, presidente do IDEAL, destacou a importância das parcerias para a manutenção do trabalho de disseminação do conhecimento levado a cabo pelo Instituto. O gerente de projetos do IDEAL e GIZ, Peter Krenz, comentou sobre o surgimento do Estudo e a evolução do mesmo, com a parceria estabelecida com a AHK-RJ. Também saudou os convidados, Alcione Belache, diretor da Renovigi, patrocinadora ouro da edição 2016.

O ponto alto foi a apresentação dos principais resultados e conclusões do Estudo pela consultora do programa América do Sol, Taynara Miguelão. Um fato inconteste é a consolidação dos dados apresentados, tendo em conta o aumento no número de respondentes. Já os preços praticados no país por kWp para sistemas fotovoltaicos de até 5 kWp, apresentaram pouca variação nos últimos três anos, no entanto, o número médio de projetos executados pelas empresas instaladoras subiu para três em 2015.

Fruto de análises realizadas a partir de questionário enviado a mais de 1.000 empresas do setor fotovoltaico cadastradas no mapa do programa América do Sol, o estudo, pioneiro no país, tem ainda o importante papel de identificar os desafios a serem aprimorados no processo de conexão à rede de micro e minigeradores fotovoltaicos, no âmbito da Resolução Normativa 482 da ANEEL.

Os patrocinadores que viabilizaram a realização da edição 2016 do Estudo são: Engie Solar, Intersolar South America, Renovigi, SICES Brasil, DYA Energia Solar, PHB, EBES, Solar-e e WEG. Se você deseja ser um patrocinador da edição 2017, clique aqui e saiba como.

Lançamento do Estudo “O Mercado Brasileiro de GDFV – 2016”

A terceira edição do estudo “O Mercado Brasileiro de Geração Distribuída Fotovoltaica –2016”, uma iniciativa do Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina (IDEAL) e Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha do Rio de Janeiro (AHK-RJ), será lançado no dia 25 de outubro, às 10 horas, em Florianópolis e, on line, no canal do IDEAL no Youtube.

Fruto de representações gráficas e análises realizadas a partir de questionário respondido por mais de 300 empresas brasileiras do setor, o estudo pioneiro no país apresenta o desenvolvimento do mercado e identifica os desafios no processo de conexão à rede de micro e minigeradores fotovoltaicos, no âmbito da RN 482/2012 da ANEEL. Para o público internacional, a edição traduzida ao inglês, será lançada em novembro deste ano, no Rio de Janeiro. Acompanhe nossos canais para mais informações.

O estudo completo será publicado em http://institutoideal.org/biblioteca/. Os patrocinadores que viabilizaram a realização da edição deste ano são: Engie Solar, Intersolar South America, Renovigi, SICES Brasil, DYA Energia Solar, PHB, EBES, Solar-e e WEG. Se você deseja ser um patrocinador da edição 2017, clique aqui e saiba como.

O quê: Lançamento presencial e on line do estudo “O Mercado Brasileiro de Geração Distribuída Fotovoltaica – Edição 2016”
Quando: 25/10/2016, às 10 horas
Onde: Centro de Pesquisa e Capacitação em Energia Solar da UFSC e no canal do IDEAL no Youtube

Presidente do IDEAL participa de evento sobre renováveis no pavilhão da Alemanha

Mauro Passos, presidente do IDEAL, vai integrar o time de especialistas que discutirá os procedimentos para ter o próprio gerador fotovoltaico (FV) conectado à rede, o funcionamento do sistema de compensação de energia (net metering) e as capacitações disponíveis no Brasil para atuação profissional nesse setor. O evento ‘Ouro Solar’, gratuito e organizado pela Cooperação Brasil-Alemanha para o Desenvolvimento Sustentável, por meio da GIZ, ocorrerá no dia 9 de setembro, às 17 horas, no Pavilhão OliAle, na praia do Leblon, no Rio de Janeiro. Para o painel foram convidados também representantes da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e do Departamento Nacional do SENAI.

Como parte da programação do dia, também será apresentado o Simulador Solar, ferramenta integrante do programa do IDEAL, América do Sol, que permite a qualquer consumidor calcular as dimensões de um sistema FV conectado à rede para atender à demanda energética de sua edificação.

No dia 26 de agosto, a Cooperação Brasil Alemanha realiza também o evento ‘Olimpíadas de Projetos em Energias Sustentáveis’, no mesmo local, tendo como um dos destaques o lançamento do Mapa Solar do Rio de Janeiro. A ferramenta permite identificar o potencial de geração de eletricidade nos telhados da capital fluminense e é fruto de parceria entre o Governo do Estado do Rio de Janeiro, a Empresa de Planejamento Energético (EPE), o Instituto Pereira Passos e a GIZ.

Saiba mais sobre esses e outros eventos sobre o tema em www.institutoideal.org/eventos.

Foto: GK Rio de Janeiro

IDEAL na Intersolar South America

O Instituto IDEAL participará da feira e conferência da Intersolar South America  que ocorrem de 23 a 25 de agosto, no Expo Center Norte, em São Paulo-SP. O diretor do IDEAL e coordenador do Grupo Fotovoltaica/UFSC, Ricardo Rüther, dará as boas vindas na abertura do evento e participará também do painel “Pesquisa & Desenvolvimento Fotovoltaico no Brasil: situação e perspectivas”, que será realizado no dia 24/8, às 16 horas. Paula Scheidt, gerente de projetos do IDEAL/GIZ, integrará o Intersolar Study Program apresentando uma visão geral do mercado de energia solar no Brasil, no segundo dia da feira, a partir das 10 horas. É a primeira vez que este evento, gratuito e paralelo à conferência, é realizado no país. O propósito é reunir pelo menos 100 estudantes da Grande São Paulo.

Estudo “O Mercado Brasileiro de Geração Distribuída FV”

De forma inédita, os resultados preliminares do estudo anual do IDEAL “O Mercado Brasileiro de Geração Distribuída Fotovoltaica (FV) – Edição 2016” serão apresentados durante a conferência “Geração Distribuída – o impacto de novas diretrizes” (24/8, 14 horas), pela gerente de projetos do IDEAL/GIZ, Paula Scheidt. Nela, Paula destacará tendências e aspectos do desenvolvimento do mercado FV como preços dos sistemas e de equipamentos. Os dados foram fornecidos pelas empresas cadastradas no Mapa de Fornecedores do programa América do Sol, por meio questionário on line.

No estande do IDEAL na feira, o público também terá acesso a essas e outras informações, além de conhecer as possibilidades de participar e apoiar a edição 2017 do Estudo. Entre os respondentes da pesquisa, o IDEAL sorteou um ingresso gratuito para a conferência da Intersolar South America. A empresa vencedora foi a Solar dos Vales, do município de Coronel Fabriciano-MG. Para atender ao público internacional, o Estudo deste ano também será traduzido ao inglês como a edição de 2015 e graças à parceria estabelecida entre IDEAL e Câmara Brasil-Alemanha do Rio de Janeiro (AHK-RJ). O lançamento da publicação será em outubro de 2016. Os patrocinadores que viabilizaram a realização do Estudo este ano são: SICES Brasil, Renovigi, Engie Solar, Intersolar South America, PHB, EBES, DYA Energia Solar e WEG.

IDEAL apoia instalação do primeiro Centro de Treinamento em Energia Solar do Distrito Federal

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial no Distrito Federal (Senai-DF) inaugurou hoje (16/6), na unidade de Taguatinga, o primeiro Centro de Treinamento em Energia Solar da capital federal, com o objetivo de formar profissionais para a operação de sistemas fotovoltaicos. Graças ao apoio do Instituto IDEAL, Grüner Strom Label e.V. (GSL) e Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável por meio da GIZ, o Centro possuirá um sistema FV conectado à rede, o que permitirá ao aluno colocar em prática a teoria dos cursos, com acesso a informações sobre compensação de energia, a partir da autogeração.

“Estamos falando exatamente no lugar certo. Por três motivos, primeiro, Brasília é a capital do nosso país; segundo, essa é uma das melhores regiões em potencial solar; terceiro, porque estamos no Senai, uma instituição fundamental para que este processo de entrada e consolidação da energia solar no Brasil dê certo.” – afirmou o presidente do IDEAL, Mauro Passos, em cerimônia hoje de manhã (16/6), na sede de Taguatinga.

Também participaram do evento o diretor de Inovação e Desenvolvimento Tecnológico do Sistema FIBRA, Graciomário de Queiroz, o diretor nacional da GIZ, Wolf-Michael Dio, o diretor Regional do Senai-DF, Albano Esteves de Abreu e o Secretário de Meio Ambiente do Distrito Federal, André Lima. “O que temos diante de nós é um novo mundo, em que a energia solar será dominante, e o SENAI, sendo responsável pela formação da mão de obra, tem um papel fundamental neste processo.” – concluiu Passos.

Após o ato, os convidados conheceram o Centro e receberam informações técnicas sobre o microgerador instalado, financiado com recursos do projeto Fundo Solar, uma iniciativa do IDEAL e GSL, com apoio da GIZ. Os professores da unidade Taguatinga, competentes na área FV, atuarão como multiplicadores do corpo docente do Senai em outros estados.

Suspensas novas solicitações do Selo Solar para reformulação das diretrizes

Novos pedidos de Selo Solar estão suspensos até o segundo semestre deste ano em função da reformulação das diretrizes para sua concessão. A data de retomada do aceite de novas solicitações será amplamente divulgada, assim como as novas diretrizes, que estão sendo revistas com o propósito de facilitar o processo para o solicitante e se adequar à evolução do mercado solar.

O último Selo concedido antes das novas regras foi a uma consumidora de Cachoeiro do Itapemirim, no Espírito Santo, que comprovou capacidade instalada de 2,5 kWp e atenção aos critérios estabelecidos pelo Instituto Ideal e Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). O Selo Solar tem o apoio do WWF Brasil e Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável, por meio da GIZ e KfW.

Eco_Lógicas tem vencedores do Brasil e México

Dulce Cristal Becerra Paniagua (México) e Luiz Henrique Targa Gonçalves Miranda (Brasil) são os vencedores nas categorias energias renováveis e eficiência energética da edição 2014/2015 do concurso de monografias Eco_lógicas, promovido pelo Instituto Ideal e Organização Latino-Americana de Energia (Olade). Dulce desenvolveu um sistema autônomo de emergência móvel para purificar água, sob a orientação do professor Joel Pantoja Enríquez, na Universidade de Ciências e Artes de Chiapas. Luiz Henrique realizou na Universidade de São Paulo, com a orientação da professora Suani Teixeira Coelho, um estudo de caso para o aproveitamento energético de resíduos sólidos urbanos do município de Itanhaém (SP). Os estudantes receberão um prêmio de US$ 15 mil e professores-orientadores de US$ 10 mil cada um.

O concurso reuniu trabalhos de nove países: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Guatemala, México, Paraguai, Peru e Uruguai. O presidente do Ideal, Mauro Passos, afirma que, ano após ano, o Eco_Lógicas se consolida como um incentivo para o desenvolvimento e divulgação de estudos sobre o setor energético em todo o território latino-americano e Caribe. Entre os critérios dos avaliadores na seleção dos trabalhos, estão método, relevância do tema e qualidade da redação. As monografias serão reunidas em livros em português e espanhol, distribuídos a bibliotecas de todo o território latino-americano e caribenho. Lançado em 2008, o Eco_lógicas é um incentivo para a pesquisa no setor energético. As inscrições são sempre gratuitas.