Posts

Ideal e AHK/RS realizam seminário sobre energia FV

A Câmara Brasil-Alemanha no Rio Grande do Sul (AHK/RS) e o Instituto Ideal realizam no dia 4 de novembro, em Porto Alegre, o Seminário Internacional de Energia Fotovoltaica – Aplicações em Telhados Industriais que reunirá especialistas dos dois países para apresentar oportunidades para a indústria investir em projetos de geração fotovoltaica (FV) como uma medida de proteção contra os aumentos de tarifa e uma solução energética limpa. O gestor de projetos do Ideal, Peter Krenz, apresentará as boas práticas resultantes do projeto Fundo Solar, além de dados sobre o mercado atual FV, consolidados no estudo “O Mercado Brasileiro de Geração Distribuída Fotovoltaica – Edição 2015“. O evento tem um custo de R$ 50 para associados à AHK/RS e R$ 80 para não-sócios e as inscrições podem ser realizadas enviando um email a larissa.behling@ahkpoa.com.br.

Confira abaixo a programação resumida do evento:
09h30 – Introdução
10h15 – Aspectos econômicos para a geração própria nas áreas industriais e comerciais
10h45 – Possibilidades de financiamento para indústrias e estabelecimentos comerciais
12h30 – Almoço
14 horas – Boas práticas
15h10 – Perspectivas políticas
16h15 – Fundamentos técnicos/tecnológicos e realização
17 horas – Encerramento

SERVIÇO
Data: 04.11.2015 (quarta-feira)
Horário: 09h30 às 17h00
Local: Hotel Laghetto Viverone Moinhos – Rua Dr. Vale, 579, Porto Alegre/RS
Inscrições: larissa.behling@ahkpoa.com.br ou pelo telefone (51) 3222-5766

Ideal firma acordo para Centro de Eólica

A cidade de Rio Grande (RS) dá um passo importante para a produção de energia a partir do vento. Na sexta-feira (14 de março), foi assinado um protocolo para a criação do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Energia Eólica do Sul (CPDEO-Sul) pela prefeitura do município, o Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina (Ideal), a Eletrosul, o Sindicato da Indústria de Energia Eólica do Rio Grande do Sul (Sindieólica- RS) e as universidades federais de Rio Grande (Furg), Pelotas (UFPel) e Santa Maria (UFSM).

Com o acordo, instituições públicas e privadas, juntamente com o poder público, pretendem alcançar conhecimento e formar mão de obra qualificada na área de energia eólica. O Rio Grande do Sul vem se destacando no setor, com a aposta em Parques Eólicos como de Geribatu, em Santa Vitória do Palmar.

Para o presidente do Ideal, Mauro Passos, a assinatura do protocolo vai reforçar o papel do Estado não só como usuário do vento, mas como conhecedor de suas potencialidades energéticas.

O Ideal foi fundamental para a criação do Centro, contribuindo com a ideia inicial e despertando o interesse entre os diversos setores para a questão.

“Foram quase dois anos de tratativas com o poder público, com o mundo acadêmico e investidores em energia eólica. Conseguimos unir e comprometer os diferentes setores ao se criar o CPDEO-Sul. Abrem-se as possibilidades de desenvolvermos tecnologias próprias”, afirma Passos.

O protocolo foi assinado durante a Feira do Polo Naval em Rio Grande, pelo prefeito da cidade, Alexandre Lindenmeyer, o presidente das Fundações de Apoio da UFPel, Cristiano Pinheiro, o professor da UFSM Humberto Pinheiro, o diretor financeiro da Eletrosul, Antônio Vitori, e o diretor da Sindieólica/RS, Guilherme Sari.

(Crédito da foto: Marcos Jatahy)

:::::: Confira reportagem da Webrádio Água sobre o CPDEO-Sul.