Eco_lógicas tem vencedores do Chile e Brasil

A edição 2013/2014 do concurso de monografias de pós-graduação Eco_lógicas, promovido pelo Instituto Ideal, já tem seus dois vencedores. Os trabalhos de Fernanda Ávila Swinburn, da Universidad de Chile, e Rodrigo Moreira Bacurau, da Universidade Estadual de Campinas, são os ganhadores da 5ª edição do concurso.

Os estudantes receberão como prêmio US$ 10 mil cada um, além dos US$ 5 mil conferidos a cada professor orientador.

Com o título “Gestión de demanda en microrredes aisladas: Una aproximación desde los intervalos difusos y la modelación del consumidor”, a monografia de Fernanda, que teve a orientação de Doris Sáez, da universidade chilena, foi a vencedora da categoria energias renováveis.

Rodrigo realizou o trabalho vencedor da categoria eficiência energética, intitulado “Módulo medidor para sistemas inteligentes de discriminação de consumo de energia por aparelho através de assinatura de cargas” e orientado pelo professor Elnatan Chagas Ferreira, da universidade brasileira.

Os trabalhos dos dois estudantes se destacaram entre 69 monografias inscritas de 12 países da América Latina e Caribe. Entre as questões consideradas pelos avaliadores estavam qualidade da redação, do trabalho e relevância do tema.

A premiação dos vencedores ocorre no dia 13 de maio, durante o Seminário Energia + Limpa, evento promovido pelo Instituto Ideal em Florianópolis. Além do prêmio principal, o Eco_lógicas concedeu US$ 2 mil para cada uma das 10 pesquisas selecionadas no concurso, divulgadas no início de abril.

Lançado em 2008, o Eco_lógicas é um incentivo para a pesquisa no setor energético. As inscrições para participar são sempre gratuitas.

O Eco_lógicas é promovido pelo Instituto Ideal, Parlamento Del Mercosur, Centro de Formación para Integración Regional (Cefir), Asociación de Universidades Grupo Montevideo (AUGM), Oficina Regional de Ciencia de la Unesco para América Latina y el Caribe e Organização Latino-americana de Energia (Olade).

:::::::::: Lea la noticia en español.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *