Evento “Conexão de Cooperativas de Geração Distribuída” reuniu experiências nacionais em Florianópolis

O encontro “Conexão de Cooperativas de Geração Distribuída”, realizado no dia 07 de junho, no Centro de Pesquisa e Capacitação em Energia Solar da Universidade Federal de Santa Catarina (Fotovoltaica-UFSC), foi um momento de troca de experiências entre representantes de seis empreendimentos brasileiros. Ao todo, 131 pessoas participaram do evento, seja presencialmente ou pelo Webinar (o evento foi transmitido ao vivo pela internet).

O presidente do Instituto IDEAL, Mauro Passos, ao dar as boas-vindas aos presentes, salientou a importância do tema para o instituto. Disse ainda que a energia solar é a cara do cooperativismo. “O melhor lugar para aplicar a energia solar é dentro do princípio e compreensão do que é o cooperativismo. Você junta pessoas e faz uma instalação. E é modular. Sempre brinco que é um grande lego. Você vai colocando os painéis conforme as condições”.

O evento foi promovido pelo IDEAL, Fotovoltaica-UFSC e Confederação Alemã de Cooperativas (DGRV). Contou ainda com o apoio da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) e da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável, por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH.

Estiveram presentes representantes da Cooperativa Brasileira de Energia Renovável (COOBER), Cooperativa Sustentável de Energias Renováveis (Cooper Sustentável), Cooperativa de Consumo de Energia (Enercred), Cooperativa de Geração Compartilhada (Compartsol), Cooperativa de Produtores Rurais (Coopercitrus) e Cooperativa de Geração Compartilhada (Cogecom). As apresentações estão disponíveis para download  e também podem ser vistas no YouTube.

Na sua apresentação, Camila Japp, explicou que a DGRV é organismo que representa o cooperativismo alemão e que conta com um departamento internacional de fomento ao cooperativismo em diversas áreas do mundo, como Ásia, África e América latina. No Brasil, desde 2004 atua com cooperativas de energia renováveis.

A Alemanha tem um grande conhecimento na área. Há praticamente 900 cooperativas de energia renováveis naquele país. “A gente quer entender, das cooperativas brasileiras que já estão trilhando este caminho, o que está dando certo, o que não está dando certo, o que podemos fazer para ajudar, o que podemos fazer para elas crescerem, e qual é este caminho que podemos trilhar junto. A gente tem muito interesse nesse apoio”, disse.

Kathlen Schneider, diretora do Instituto IDEAL, pesquisadora do Fotovoltaica-UFSC e uma das organizadoras do evento, destacou a importância do encontro. “Foi muito importante para conectar as iniciativas pioneiras no Brasil de cooperativas de geração distribuída (GD) compartilhada, para que juntas elas possam se fortalecer e encontrar suporte para estruturar de maneira consolidada esse modelo democrático de geração de energia”.

De acordo com a diretora do IDEAL, muitas cooperativas relataram passar por dificuldades semelhantes no processo de criação e operação dos seus modelos. “Esse fato deixou claro quais as ações podemos dar prioridade, em conjunto, para consolidar e fortalecer o modelo de GD compartilhada por meio de cooperativas no Brasil.”, relatou Kathlen Schneider.

O encontro também serviu para compartilhar soluções. “O que alguma cooperativa apresentou como sendo uma grande dificuldade, outra já tinha encontrado alguma solução para essa mesma dificuldade relatada. Sendo assim, percebeu-se o grande potencial em conectar essas cooperativas, fortalecendo-as ao trabalharem em conjunto.”, explicou Kathlen Schneider.

As apresentações
– Abertura e boas-vindas – por Mauro Passos (IDEAL) e Kathlen Schneider (Fotovoltaica-UFSC/IDEAL e organizadora do evento)
– O cooperativismo no mundo e na Alemanha – por Camila Japp (DGRV e organizadora do evento)
– Caminhos e desafios para o cooperativismo de Geração Distribuída – por Marco Morato (OCB e organizador do evento)
– Cooperativa Brasileira de Energia Renovável (COOBER) – A primeira cooperativa de GD compartilhada do Brasil – Fonte: Solar Fotovoltaica – Localizada em Paragominas-PA – por Alan Melo (cooperado fundador da COOBER)
– Cooperativa Sustentável de Energias Renováveis (Cooper Sustentável) – Cooperativa de GD compartilhada – Fonte: Solar Fotovoltaica – Com uma pequena usina em Arcos-MG e outra em São José-SC – por Alex Lang (cooperado fundador da Cooper Sustentável)
– Cooperativa de Consumo de Energia (Enercred) – Cooperativa de GD compartilhada – Fonte: Solar Fotovoltaica – Localizada em Pedralva-MG – por José Otávio Bustamante (CEO da Enercred)
– Cooperativa de Geração Compartilhada (Compartsol) – Cooperativa de GD compartilhada – Fonte: Solar Fotovoltaica – Localizada em Araçoiaba da Serra-SP – por Guilherme Susteras (Diretor-Presidente da Compartsol)
– Cooperativa de Produtores Rurais (Coopercitrus) – Cooperativa Rural que adotou o sistema de GD, de fonte solar fotovoltaica, para gerar energia e compensar na fatura de 28 unidades consumidoras de estabelecimentos da própria Coopercitrus que estão espalhados por São Paulo. Localizada em Bebedouros-SP – por Diego Branco (coordenador de energia fotovoltaica da Coopercitrus)
– Cooperativa de Geração Compartilhada (Cogecom) – Cooperativa de GD compartilhada – Fonte: Termelétrica de Resíduos Florestais – Localizada em Carambeí-PR – por Roberto Corrêa (Presidente da Cogecom)

Evento “Conexão de Cooperativas de Geração Distribuída” será realizado dia 7/06 em Florianópolis e terá transmissão pela internet

Promover a troca de experiências é objetivo do evento “Conexão de Cooperativas de Geração Distribuída”, que será realizado no dia 07 de junho, a partir das 9h, no Centro de Pesquisa e Capacitação em Energia Solar da Universidade Federal de Santa Catarina (Fotovoltaica-UFSC), localizado no Sapiens Parque, em Florianópolis (SC). Os interessados podem participar presencialmente ou por meio do Webinar (transmissão pela internet).

Desde 2015, com a Resolução Normativa nº 687/2015 da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), indivíduos podem se unir para gerar sua própria energia por meio de fontes renováveis. “Uma das formas de realizar essa geração de energia em grupo é por meio do cooperativismo, que tem como conceito ‘O que um não consegue sozinho, podemos conseguir juntos’”, explicou Kathlen Schneider, diretora do Instituto IDEAL, pesquisadora do Fotovoltaica-UFSC e uma das organizadoras do evento.

Desde a regulamentação da norma foram criadas oito cooperativas de geração distribuída compartilhada no Brasil, sendo que seis estarão presentes no evento. “Ainda existem muitas dúvidas de como viabilizar este modelo de geração compartilhada. No evento será a primeira vez que representantes dessas iniciativas pioneiras nacionais se reunirão para uma troca de experiências. Será uma grande oportunidade de conhecermos mais sobre esse modelo democrático de geração de energia para que possamos torná-lo cada vez mais e mais uma realidade aqui no Brasil”, afirmou Kathlen Schneider.

O evento é promovido pelo Instituto IDEAL, pelo Centro de Pesquisa e Capacitação em Energia Solar da Universidade Federal de Santa Catarina (Fotovoltaica-UFSC) e pela Confederação Alemã de Cooperativas (DGRV). Conta com o apoio da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) e da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável, por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH.

PROGRAMAÇÃO
9:00 – Boas-vindas + Cooperativas de Geração Distribuída Compartilhada: O Contexto
Brasileiro (Mauro Passos e Kathlen Schneider – Instituto IDEAL / Fotovoltaica-UFSC)
9:05 – Caminhos e desafios para o cooperativismo de Geração Distribuída (Marco Morato – OCB)
9:10 – O cooperativismo no mundo e na Alemanha – cooperativas de geração de energia como principais atores da transformação energética (Camila Japp – DGRV)
9:15 – Cooperativa Brasileira de Energia Renovável – COOBER (Alan Melo)
9:25 – Cooperativa Sustentável de Energias Renováveis – Cooper Sustentável (Alex Lang)
9:35 – Cooperativa de Consumo de Energia – Enercred (José Otávio Bustamante)
9:45 – Cooperativa de Geração Compartilhada – Compartsol (Alexandre Bueno)
9:55 – Coopercitrus – Cooperativa de Produtores Rurais (Diego Branco)
10:05 – Cooperativa de Geração Compartilhada – Cogecom (Roberto Corrêa)
10:15 – Perguntas e respostas abertas para o público presente e participantes online
10:30 – Encerramento do Webinar

COMO PARTICIPAR

Pela Internet
Acesse o canal do FOTOVOLTAICA-UFSC clicando aqui.

Presencialmente
Faça a inscrição clicando aqui.

Fórum GD – Região Sul

O Fórum Regional de Geração Distribuída (Fórum GD) Região Sul será realizado em Florianópolis (SC) nos dias 05 e 06 de junho, no Hotel Majestic. O evento tem como objetivo reunir toda a cadeia produtiva do setor dos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul e debater os melhores rumos da Geração Distribuída para os próximos anos na região.

Mais de 70 especialistas na área participarão dos debates. O evento é organizado é promovido pela Associação Brasileira de Geração Distribuída (ABGD) e organizado e realizado pelo Grupo FRG Mídias & Eventos.

O Instituto IDEAL apoia o Fórum GD. E também participará debatendo dois temas: Projeto Municípios Solares, com Mauro Passos, presidente do Instituto; e Cooperativas Solares, com Kathlen Schneider, diretora do Instituto e pesquisadora do Fotovoltaica-UFSC.

Confira os valores das inscrições:
1º LOTE – R$ 490,00 até dia 20 de março de 2019
2º LOTE – R$ 690,00 até 20 de abril de 2019
3º LOTE – R$ 890,00 até dia 20 de maio de 2019

Para mais informações e para fazer as inscrições, acesse o site do evento: www.forumgdsul.com.br.

Prêmio OSE de Qualidade das Instalações Elétricas

O prêmio OSE de Qualidade das Instalações Elétricas Edição Santa Catarina será entregue no dia 07 de maio, no Centro Sul, em Florianópolis. As inscrições estão abertas até o dia 12 de abril. O objetivo da premiação é identificar e divulgar práticas que contribuem para o aprimoramento do setor.

O prêmio é uma iniciativa da revista O Setor Elétrico em parceria com o Circuito Nacional do Setor Elétrico. Todas as informações sobre a iniciativa podem ser acessadas clicando aqui.

 

Cinase Congresso & Exposição 34º edição – Florianópolis

O Circuito Nacional do Setor Elétrico (Cinase) é um evento itinerante constituído por um congresso técnico e uma exposição de produtos e serviços voltados para o mercado de energia elétrica. A 34ª edição acontecerá nos dias 08 e 09 de maio em Florianópolis. O objetivo é levar conhecimento técnico e atualizado para os profissionais da região. O Instituto IDEAL apoia o evento.

O Congresso objetiva discutir as principais técnicas e tecnologias envolvendo toda a cadeia do setor elétrico, desde a geração até a instalação elétrica final de baixa e média tensão. Para isso, o congresso conta com a coordenação do engenheiro Jobson Modena, especialista em proteção e aterramento, coordenador da comissão que revisou a recém-publicada ABNT NBR 5419 (SPDA); e do engenheiro José Starosta, especialista em eficiência energética, ex-presidente da Associação das Empresas de Conservação de Energia (Abesco).

Para mais informações pode-se entrar em contato pelo e-mail: cinase@cinase.com.br ou através dos telefones (11) 3872-4404 / (11) 98433-2788 (disponível no whatsapp).

As inscrições podem ser feitas clicando aqui. Custam R$ 60 para estudantes e R$ 75 para profissionais.

Para se inscrever, basta acessar o link e inserir o cupom de desconto CINA100.

IDEAL entrega estudo para tornar Ipuaçu (SC) um Município Solar

Instituto IDEAL entregou o “Estudo do Potencial para Geração Solar Fotovoltaica – Município de Ipuaçu” nesta segunda-feira (25/02). O trabalho definiu a estrutura necessária para atender toda a demanda de energia da cidade por meio da energia solar. É o primeiro estudo finalizado no âmbito do projeto Municípios Solares.

O projeto Municípios Solares busca incentivar municípios a diminuir a conta de luz ao investir em energia solar. É uma iniciativa do IDEAL e da Federação Catarinense de Municípios (FECAM). “É com muita alegria que entregamos este estudo. É mais um passo deste projeto tão importante que vai levar economia aos municípios e, ao mesmo tempo, trazer impactos positivos ao meio ambiente”, afirmou o presidente do Instituto IDEAL, Mauro Passos.

Ipuaçu, no Oeste de Santa Catarina, tem de 6,8 mil habitantes e possui uma conta mensal de energia de aproximadamente R$ 11 mil. O estudo, de responsabilidade do engenheiro eletricista Cassio Maraffon, definiu quatro locais para receberem os sistemas fotovoltaicos: a Escola Básica Samburá, a Unidade Básica de Saúde (UBS), o Centro de Multiuso e a Creche Municipal. Juntos, os equipamentos fotovoltaicos somam 128,7 kWp ao custo de R$ 656.343,00. A expectativa é de que o investimento tenha retorno em sete anos.

A prefeita Clori Peroza acredita no sucesso do projeto. “É um projeto ousado para o município, mas que temos ideia de implementar. A ideia de investir em energia solar é, principalmente, em função da economia que vai gerar aos cofres públicos. Porque não há custos adicionais além do investimento para instalação”, afirmou.

O próximo passo é buscar os recursos para a implementação do projeto. “Caso não seja possível implementá-lo de uma vez, a ideia é implantar o projeto em etapas, iniciando pela estrutura mais barata e viável”, explicou a prefeita.

Retrospectiva e desafios para 2019

Mauro Passos
Presidente do Instituto IDEAL

Todo fim de ano é um momento propício para refletirmos sobre nossa atuação e sobre os desafios que teremos pela frente, sobretudo em um contexto em que as energias renováveis, principalmente a solar, têm o potencial de vir a suprir as futuras demandas energéticas.

O ano que passou foi de muito trabalho. Uma das nossas principais iniciativas foi o projeto Municípios Solares, uma parceria do Instituto IDEAL com a Federação Catarinense de Municípios (FECAM) e a Quantum Engenharia e com o apoio do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). A primeira etapa foi apresentar a idéia a prefeitos e suas equipes, com intuito de socializar o conhecimento. O projeto teve grande aceitação em Santa Catarina e já está sendo apresentado em outros estados brasileiros. O desafio para 2019 é colocá-lo em prática.

O ano também foi marcado por uma aproximação ainda mais intensa com o cooperativismo. Junto com o Grupo Fotovoltaica – UFSC, lançamos o Simulador de Cooperativas de Energia Solar. O aplicativo digital simula o tamanho do sistema FV para suprir a energia consumida pelos cooperados e cooperadas, os custos para manter a cooperativa e a economia esperada por cooperado(a).

Neste contexto, após negociações iniciadas com a Confederação Alemã de Cooperativas (DGRV) há dois anos, o IDEAL foi parceiro na realização do estudo “Potencial de las Cooperativas de Energías Renovables en América Latina − La Generación Distribuida en Brasil, Chile y México”, que será lançado em breve. O conteúdo é um estado da arte sobre as cooperativas de e com geração distribuída no Brasil, no Chie e no México.

Realizamos em junho o 9º Seminário Energia + Limpa. A programação, focada em temas que nos aproximam do futuro, tratou do mercado de energia fotovoltaica, das cooperativas solares e da mobilidade elétrica. No evento, lançamos o Prêmio América do Sol 2019, cujo objetivo é reconhecer iniciativas inovadoras e sustentáveis na área da energia solar.

Ainda em 2018, lançamos a quinta edição do estudo “Mercado Brasileiro de Geração Distribuída”, uma iniciativa do IDEAL e da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha. O Selo Solar, que passou por algumas atualizações, também se consolida como uma importante certificação do setor fotovoltaico.

Em relação ao ano que se inicia, a questão ambiental vai ser um dos nossos grandes desafios. O ano terminou com a notícia de que a Amazônia teve o maior desmatamento da história. A energia solar, com todo o crescimento que teve, está ameaçada por mudanças regulatórias e pelo lobby das concessionárias. Organizações não governamentais, como o Instituto IDEAL, também vão enfrentar dificuldades.

Enfim, como podemos ver, 2019 será um ano de grandes desafios. Só que não nos falta energia para enfrentá-los.

Desejamos a todos um bom fim de ano e um 2019 com as energias renovadas.

Missão Técnica Empresarial para Alemanha

Será realizada uma missão técnica para especialistas em energia do Brasil no estado precursor em energias renováveis na Alemanha – Baden-Württemberg, entre os dias 18 e 25 de maio. O objetivo é fornecer informações, conhecimentos e contatos privilegiados em energia solar fotovoltaica (FV), energia solar concentrada (CSP) e tecnologias de armazenamento. Os cinco dias contarão com visitas exclusivas a empresas e projetos líderes do setor. O prazo limite para inscrições é 15 de abril.

A delegação irá para as cidades de Stuttgart, Freiburg (capital solar alemã) e outras cidades da região, visitando mais de 13 empresas e projetos renomados no setor de energia solar. A missão possui apoio da Agência de Cooperação Econômica do estado de
Baden Württemberg (BW-i), e a programação é organizada pela Câmara de Comércio e Industria Brasil-Alemanha do Rio de Janeiro (AHK Rio). 

A missão objetiva apresentar as melhores práticas, desenvolvimentos, potenciais e aplicações fotovoltaicas, de CSP e tecnologias de armazenamento na Alemanha, bem como fornecer informações para a integração de energias renováveis à rede elétrica. Além disso, a missão possibilita o contato com empresários e experts nos temas, apresentando-se como uma oportunidade para o desenvolvimento de parcerias e negócios com o país precursor em tais tecnologias e soluções.

O valor da inscrição, que não inclui despesas pessoais e alimentação e passagem aérea, custa entre € 841 e € 1.311. Outras informações podem ser obtidas nos e-mail loana@ahk.com.br ou priscila.milan@sistemafiep.org.br e nos telefones (21) 2224-2123 (ramal 113) e (41) 3271-9105.

Termos e Condições de Aceite e Uso do Site

Os endereços eletrônicos www.americadosol.org, www.institutoideal.org e www.selosolar.com.br são os sites de divulgação do Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina (IDEAL), pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 08.680.363/0001-27, com sede na Rua Lauro Linhares, nº 2123, Bloco A, sala 411, Trindade, Florianópolis/SC, Cep: 88036-003.

As regras para o cadastramento de usuário, neste caso fornecedor, estão previstas neste termo, devendo o usuário, pessoa física ou jurídica, declarar aceitá-las.

O presente Termo e Condições de Aceite e Uso pode ser modificado a qualquer tempo, sem necessidade de notificação prévia, sendo que tais modificações tornar-se-ão válidas a partir da data de sua veiculação nos sites, revogando as anteriores.

Do Conteúdo e da Propriedade Intelectual

O usuário aceita e declara compreender que o Instituto IDEAL envidará seus maiores esforços para assegurar que as informações, materiais, dados e ferramentas virtuais oferecidos neste site estejam tão atualizados, precisos e completos quanto possível, mas que, em nenhuma circunstância, poderá ser responsabilizado por fatos que não lhe sejam exclusivamente atribuíveis quanto à integridade, atualidade, exatidão, sigilo e utilização de tais informações, materiais, dados e ferramentas virtuais.

O usuário aceita e declara compreender que, em razão do peculiar ambiente da Internet, o Instituto IDEAL não poderá garantir que o acesso ao site seja livre de erros ou problemas decorrentes de casos fortuitos, internos ou externos, casos de força maior ou ainda de outros casos não inteiramente sujeitos ao controle direto dos administradores do site, e portanto, o usuário se obriga a isentar o Instituto IDEAL de quaisquer reclamações referentes a descumprimento de prazo, interrupções, interceptações, invasões, disseminação de vírus ou outros atos ilícitos, típicos e atípicos do ambiente virtual, dos quais o Instituto IDEAL não tenha tido intenção deliberada de participar ou praticar.

O usuário aceita e declara compreender que qualquer texto, marca, áudio, imagem, ou “CONTEÚDO” veiculados nos sites www.americadosol.org, www.institutoideal.org e www.selosolar.com.br são protegidos por direitos de propriedade intelectual pertencentes ao Instituto IDEAL e/ou parceiros que autorizaram a divulgação, razão pela qual não podem ser copiados, reproduzidos ou simplesmente republicados em nenhuma hipótese, salvo se expressamente autorizado pelo respectivo detentor dos referidos direitos, sob pena de apuração das responsabilidades cabíveis, bem como cobrança por danos morais e materiais.

O usuário aceita e declara compreender que o Instituto IDEAL poderá disponibilizar em seu endereço eletrônico, links de acesso para outros sites e endereços virtuais, sem qualquer responsabilidade pelos serviços ou funcionalidades ali dispostos, sendo a decisão de utilização e a forma de relacionamento com aqueles de exclusiva responsabilidade do usuário, que inclusive isenta o Instituto IDEAL de fiscalizar o conteúdo ou zelar pela integridade de tais sites ou endereços virtuais.

Do Cadastro de Fornecedores e da Política de Privacidade

Fornecedor é toda pessoa física ou jurídica que desenvolve atividade de fabricação, importação, desenvolvimento de projeto, instalação e produção de sistemas fotovoltaicos, devidamente registrada e autorizada pelos órgãos competentes para a prestação dos serviços a que se destina em todo o território nacional.

Para cadastrar-se como fornecedor no site www.americadosol.org será necessário o preenchimento do cadastro disponibilizado com dados pessoais, tais como nome completo, CPF e/ou CNPJ, ramo de atividade, endereço de e-mail, endereço, dentre outros. Ao enviar a ficha cadastral ao banco de dados da instituição, estará aceitando os termos e condições de uso, especialmente, autorizando os usuários a acessar e utilizar os dados fornecidos.

O fornecedor declara que as informações prestadas são verdadeiras, exatas, atuais e completas, e que serão mantidas atualizadas durante sua permanência como fornecedor neste site; ciente de que o Instituto IDEAL não se responsabiliza pela veracidade destas informações.

O fornecedor deverá ter 18 (dezoito) anos ou mais e plena capacidade civil para utilizar o site e seus recursos; nos demais casos, deverá ser autorizado por seus pais ou responsáveis legais. Em caso de pessoa jurídica, deverá estar devidamente constituída.

O fornecedor poderá solicitar a exclusão dos dados pessoais fornecidos, por meio de envio de mensagem para o e-mail info@institutoideal.org. Após a sua solicitação de exclusão, os dados fornecidos serão agregados apenas para fins estatísticos, bem como aqueles que devem ser mantidos em registro por lei. Em casos excepcionais, tais dados e informações podem ser fornecidos às autoridades competentes para colaborar em investigações ou procedimentos judiciais, ainda que preparatórios ou cautelares, desde que permitido por lei.

O fornecedor ao cadastrar-se nos sites, autoriza o envio de mala direta, e-mail, newsletters e demais comunicações, exclusivamente pelo Instituto IDEAL, que como política de privacidade estabelece que todas as informações pessoais recebidas pelos usuários não serão repassadas para terceiros.

Do Cadastro de Usuário

O usuário poderá cadastrar-se nos site, autorizando o envio de mala direta, e-mail, newsletters e demais comunicações, exclusivamente pelo Instituto IDEAL, que como política de privacidade estabelece que todas as informações pessoais recebidas pelos usuários não serão repassadas para terceiros.

Licenças de Conteúdos

Ao enviar conteúdo ou informação para o site, incluindo textos, tais como comentários, fóruns de discussão, comunidades, enquetes, envio de fotografias, vídeos e outros materiais, o usuário autoriza a utilização destes de forma gratuita, não exclusiva, perpétua, em âmbito nacional e internacional, desobrigando o Instituto IDEAL de qualquer forma de remuneração, compensação, retenção ou indenização. Eventuais omissões não implicam limitação de uso do conteúdo enviado pelo usuário aos sites.

Em caso de discordância com a utilização do conteúdo enviado aos sites, autorizado concomitantemente ao envio, aquele não deverá ser efetuado. O usuário apenas deverá enviar conteúdo e materiais originais, de sua autoria ou dos quais possua direitos autorais patrimoniais, que por sua vez, serão indicados quando divulgados nos sites.

Inexiste por parte do Instituto IDEAL qualquer obrigação de uso dos conteúdos enviados pelos usuários, assim como existe o direito de usá-los, ainda que esse direito não seja exercido.

 Deveres do Usuário

O Instituto IDEAL disponibiliza ao usuário um site que permite a navegação em seu conteúdo e a utilização dos recursos disponíveis, destinados ao uso pessoal. Ao utilizar o site o usuário não deverá:

  • Disseminar conteúdo ilegal, ofensivo, violento ou que viole a privacidade e a intimidade de terceiros;
  • Violar propriedade intelectual de terceiros;
  • Disseminar vírus ou código de computador malicioso, arquivos ou programas desenvolvidos para coletar dados não autorizados, interromper, destruir ou limitar a funcionalidade do sítio, de qualquer software ou hardware de computador ou equipamentos de telecomunicações em geral (malware ou spyware);
  • Disfarçar ou ocultar o número de IP (internet protocol) que identifica sua conexão à internet;
  • Usar qualquer dos elementos do site ou dos sites para fins comerciais, publicitários ou de qualquer outra forma não autorizada e que não represente a finalidade principal deste;

Em caso de violação de quaisquer dos termos e condições de uso dos sites, estamos autorizados a bloquear o acesso a estes, informando o usuário da respectiva suspensão.

Condições Gerais

O Instituto IDEAL se reserva o direito de modificar a qualquer momento a apresentação, configuração e disponibilização dos sites.

O Instituto IDEAL poderá a qualquer momento, interromper ou cancelar o acesso aos sites, ao seu livre e exclusivo critério, em virtude do uso em desacordo com os dispositivos aqui previstos, conforme acima previsto, ou ainda, por qualquer outro motivo, inclusive o encerramento de suas atividades, estando isento, de qualquer responsabilidade perante aos usuários.

Os termos e condições estabelecidos neste Termo e Condições de Aceite e Uso do Site são regidos pela legislação brasileira. Elegem o foro da Comarca da Capital – Florianópolis/SC, com renúncia expressa a qualquer outro, por mais privilegiados que possam parecer, para dirimir qualquer avença relativa ao presente.

Ajuda

Em caso de dúvidas ou problemas ligados ao site, entre em contato conosco pelo email info@institutoideal.org.

Procedimentos para instalação de sistemas fotovoltaicos conectados à rede

Procedimentos para instalação de sistemas fotovoltaicos conectados à rede
Florianópolis, 21 e 22 de novembro de 2015

Este curso é destinado a eletricistas, instaladores, construtores, técnicos, arquitetos, engenheiros e demais profissionais interessados em conhecer os procedimentos para a instalação de sistemas fotovoltaicos conectados à rede, seguindo um projeto aprovado. O curso tem o objetivo de apresentar as etapas da instalação de um sistema, os componentes e materiais utilizados e as ferramentas adequadas e específicas para a correta instalação de um sistema FV. Os participantes manuseiam todos os materiais e ferramentas específicos da área fotovoltaica e confeccionam conectores. São apresentados exemplos de instalações fotovoltaicas e um sistema FV real em operação.

VALOR DO CURSO:
R$ 780,00 (setecentos e oitenta reais)

LOCAL:
Hotel Valerim Plaza
Rua Felipe Schmidt, 705 – Centro
Tel.: (48) 2106-0200

DATA:
21 e 22 de novembro de 2015 – sábado e domingo
Dois dias (16 horas) – Das 8h30 às 17h30

MAIS INFORMAÇÕES: http://www.trajanoviana.com/

ATENÇÃO:
* Os participantes receberão apostila para acompanhar o curso, terão um pequeno lanche nos intervalos (coffe break) e, ao final, receberão o certificado de participação.
* Não é permitido fotografar, gravar o som ou filmar o curso.

CONTEÚDO DO CURSO:
Procedimentos para Instalação de sistemas fotovoltaicos conectados à rede
1- Introdução
– Conceitos básicos de eletricidade e terminologia
– Energia solar – Irradiância – Irradiação
– Captação de energia solar
– Inclinação dos módulos fotovoltaicos
– Valores de irradiação nas capitais brasileiras

2 – Sistemas fotovoltaicos
– Tipos – Características – Componentes
– Sistemas fotovoltaicos conectados à rede (SFVCR)
– Projeto típico de um sistema fotovoltaico

3 – Materiais fotovoltaicos
– Módulos fotovoltaicos – Características elétricas
– Estrutura dos módulos – Cuidados com os módulos – Manuseio – Transporte – Fixação – Aterramento
– Inversor para SFVCR – Tipos – Características elétricas

4 – Instalação de sistemas fotovoltaicos conectados à rede
– Etapas e procedimentos para instalação
– Descrição e manuseio de ferramentas e material
– Aspectos mecânicos da instalação dos módulos fotovoltaicos
– Materiais para suporte e fixação de módulos
– Aspectos elétricos da instalação dos módulos fotovoltaicos – Conectores – Ferramentas – Aterramento
– Inversor – Aspectos elétricos da instalação – Conectores – Aterramento
– Condutores – Terminais
– Disjuntores – DPS
– Testes e medições em um SFVCR real em operação

5 – Regulamentação da energia fotovoltaica no Brasil