IDEAL e AHK-RJ lançam sexta versão do estudo “O Mercado Brasileiro de Geração Distribuída Fotovoltaica”

O Instituto IDEAL e a Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha do Rio de Janeiro – AHK Rio lançaram a sexta versão do estudo “O Mercado Brasileiro de Geração Distribuída Fotovoltaica” na terça-feira (27/08), durante a Intersolar South América, em São Paulo. A criação de empregos, a queda nos preços dos sistemas fotovoltaicos e o surgimento de novas linhas de financiamento são alguns fatores destacados pela pesquisa.

O estudo contou com apoio da Agencia Nacional de Energia (Aneel) e da Associação Brasileira de Geração Distribuída (ABGD). Os patrocinadores que viabilizaram a realização da edição deste ano são: Intersolar South America, Globaltek e ESS Electrical Energy Storage.

O estudo foi apresentado por Taynara Mighelão, consultora do programa América do Sol, e Natália Chaves, gerente de energias da AHK-Rio. “O estudo busca embasar os diversos atores do mercado, como empresas instaladoras, fabricantes, distribuidoras, consumidores finais, investidores e instituições. Ao longo destes seis anos, detectamos muitos desafios no setor, mas mesmo assim ele teve um crescimento exponencial”, explicou Taynara Mighelão.

O estudo é realizado com base em questionários enviados a 2.330 empresas cadastradas no Mapa de Empresas do Setor FV do Programa América do Sol. Pela primeira vez nas seis edições, constatou-se que o número de funcionários efetivos é maior que o de terceirizados, 55% a 45%. Em relação aos preços dos sistemas FV, desde 2013 eles sofrem quedas – cerca de 30%.

Para ter acesso ao estudo clique aqui.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *