Ideal lança vídeo educativo sobre eletricidade solar

Com o intuito de esclarecer sobre o funcionamento e benefícios da geração de energia fotovoltaica, o Instituto Ideal lança o vídeo em animação “Tire suas dúvidas sobre a eletricidade solar”, que está disponível na internet no site do América do Sol.

A designer catarinense Carol Rivello foi responsável pelas ilustrações e animação e o áudio foi produzido pela empresa gaúcha Technologica. O vídeo foi desenvolvido com o apoio da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento, GIZ e KfW no Brasil.

Uma pesquisa de mercado realizada pelo Instituto Ideal no final de 2010 mostrou que, apesar da grande aceitabilidade da energia solar entre as pessoas engajadas ambientalmente, ainda há muita desinformação e confusão sobre o tema. Isto se deve, em parte, pela falta de familiaridade com esta fonte energética, já que são poucos os sistemas instalados no país. No Brasil, somente agora os primeiros projetos de maior porte começam a ser implementados, o que deve levar a um maior interesse da população pela geração solar. Exemplos são a usina no estádio de Pituaçu, em Salvador, e o projeto Megawatt Solar da Eletrosul, em Florianópolis. Além disso, a ANEEL está discutindo uma nova regulação para geração distribuída de energia que prevê a criação de um Sistema de Compensação de Energia.

Este sistema de incentivo, internacionalmente conhecido comonet metering, permitirá às pessoas instalarem pequenas usinas fotovoltaicas em sua residência e ganharem créditos em kWh na conta de luz referente a energia que injetarem na rede. “Globalmente, entre as fontes renováveis de energia, a geração fotovoltaica é a que mais cresce no mundo. Por isso, o Instituto Ideal avalia como fundamental investir em educação sobre o tema para que esta tendência internacional seja também seguida pelo Brasil, com o correto entendimento da população sobre a mesma”, afirma o presidente do Instituto Ideal, Mauro Passos.
Junto ao vídeo, o Instituto Ideal se prepara para lançar também uma cartilha educativa, com versões em português e espanhol.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *