Microgerador apoiado pelo Fundo em RS

A inauguração do primeiro microgerador do Fundo Solar, projeto do Ideal para incentivo financeiro a sistemas fotovoltaicos, movimentou Santa Cruz do Sul (RS) no último dia 10 de junho.

A cerimônia pela instalação do sistema na clínica do médico Ronei Pappen contou com a presença do secretário municipal de meio ambiente, saneamento e sustentabilidade, João Wenzel, do coordenador do curso de Engenharia Elétrica da Universidade de Santa Cruz, Fabricio Egert, além de representantes de associações da cidade e outros convidados.

Cerca de 80 pessoas acompanharam a entrega do certificado do Fundo Solar, realizada pelo responsável pelo projeto do Ideal, Peter Krenz. “Ficamos muito felizes do primeiro sistema inaugurado com apoio do Fundo estar em um local com tanta visitação. É uma iniciativa de energia limpa e que vai se multiplicar”, considerou Peter.

Na ocasião, o proprietário da Solled – empresa que realizou a instalação -, Josué Lopes Faria, apresentou o equipamento, com vinte módulos solares de capacidade total de 4,8 kWp. A geração será de cerca de 5.900 kWh por ano, o que equivale ao consumo médio anual de duas famílias de quatro pessoas.

Com isso, o local, onde também funciona uma academia, será autossuficiente em energia. Dos R$ 27 mil investidos, R$ 3,2 mil vieram do Fundo.

O Fundo Solar é realizado pelo Ideal, em parceria com o Grünel Strom Label (Selo de Eletricidade Verde da Alemanha) e conta com o apoio da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável, por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH.

O sistema fotovoltaico de Pappen é também o primeiro de Santa Cruz do Sul no projeto 50 Telhados, de iniciativa do Ideal e executado localmente pela empresa Solled. O objetivo do 50 Telhados é instalar 50 sistemas fotovoltaicos de 2kWp ou 100 kWp de potência em até dois anos nas cidades participantes. Atualmente o projeto é executado em 19 municípios brasileiros.

Mais sobre o Fundo

O Fundo é voltado para consumidores residenciais e proprietários de comércio e pequena indústria. Para receber o apoio entre R$ 1 mil e R$ 5 mil, o sistema precisa ter até 5 kWp e estar conectado à rede. A solicitação deve ser feita antes da instalação e o tempo para a aprovação varia de caso a caso. Os recursos do projeto vêm dos clientes do GSL, na Alemanha.

:::: Outras informações sobre o Fundo Solar.

(Foto: Divulgação, Solled)

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *